31 de março – 1 ano da estreia da “Sandy Tune Solo”


Primeira noticia no site oficial

‘Turnê Solo’ estréia em grande estilo

Sandy revelou mais uma face de seu talento na noite de sexta-feira, 30 de março, ao subir no palco do Palácio das Artes, em Belo Horizonte. A estréia foi marcada por um repertório com grandes compositores, entre eles Tom Jobim, Ira e George Gershwin, e duas canções, até então inéditas na voz de Sandy, de Ivan Lins. A noite teve início com o clássico de Cole Porter, ‘Night and Day’, e teve aplausos como reposta da platéia composta por antigos fãs da cantora e admiradores do jazz. A apresentação de uma hora e meia foi um sucesso e se repetirá nos dias 10 e 11 de abril no Bourbon Street, em São Paulo.

Conheça os integrantes da banda (Biografia feita no ano passado)

ladies first…

Sandy (voz e direção musical) – aos 24 anos, Sandy Leah Lima é considerada uma das mais importantes e reconhecidas cantoras do Brasil. No currículo, estão quinze álbuns gravados, mais de quinze milhões de cópias vendidas em dezesseis anos de carreira em parceria com o irmão, Junior Lima. Além de diversos prêmios na área musical, centenas de apresentações no Brasil e exterior, trabalhos na TV e no cinema, dezenas de discos de ouro, platina e diamante e milhares de fãs espalhados pelo país. Na carreira, já viveu momentos históricos como: reunir setenta mil pessoas no Maracanã em um mega-show em 2002, ter feito a melhor apresentação do Rock’ Rio III em 2001 de acordo com a opinião do público, cantar para um público estimado em 1,2 milhão de pessoas em João Pessoa, fazer parcerias musicais ao lado de nomes como Caetano Veloso, Gilberto Gil, Milton Nascimento, Andréa Boccelli, Enrique Iglesias, Laura Pausini, pianista erudito Marcelo Bratke, Pedro Mariano, Ivete Sangalo e outros. Atualmente, é considerada por muitos críticos e especialistas da área musical uma das melhores cantoras de sua geração.

Chico Willcox (baixo e direção musical) – descende de três gerações de músicos, toca contrabaixo profissionalmente há mais de 10 anos em diversas áreas. Como professor, ministra clinicas e workshops. Chico escreveu arranjos para a Orquestra de Câmara de Moscow (M.C.O.) em parceria com o trombonista Bocato. Já se apresentou em shows com grandes nomes da música instrumental como: Michel Leme, Cuca Teixeira, Michel Friedenson, Sandro Haick, Léa Freire, Héctor Costita, Renato Neto, Arismar do Espírito Santo, Bob Wyatt, Walmir Gil, Marcio Eiras, Chiquinho Oliveira, Derico Ciotti, Lanny Gordin, Decebal Badila, Felipe Dela Moglia, Stephen Scott, Gerry Brown, entre outros. Atualmente toca com Bocato, Bourbon Street Jazz Quartet, Chico Willcox Trio, Amon Lima Quartet, Vera Figueiredo Quartet e New Samba Jazz. Além do instrumental, artistas brasileiros de MPB também tiveram o contrabaixo de Chico em apresentações, como Guilherme Arantes, Johnny Alf, Sandy e Junior, Família Lima, Patrícia Marx, Jane Duboc, Toquinho entre outros.

Erik Escobar (piano) – começou a tocar piano aos dez anos, influenciado pelo pai músico. Hoje é considerado um dos grandes talentos da música instrumental brasileira. Atualmente integra a badalada banda de black music Soul Funk e a lendária banda Placa Luminosa. Também tem tocado com grandes nomes da música nacional, tais como: Sandy e Junior, Paula Lima, entre outros. Além de pianista/tecladista, é cantor, compositor, produtor e arranjador. Suas maiores influências musicais vão de Miles Davis e Gonzalo Rubalcaba a Ivan Lins, Tom Jobim e muitos outros gênios da música. Atualmente, ao lado dos irmãos Chico e Igor Willcox toca o projeto New Samba Jazz, que já rendeu a gravação de um CD lançado no mercado internacional.

Igor Willcox (bateria) – considerado um dos principais bateristas do Brasil, Igor participou e ganhou vários concursos nacionais. Estudou com Alexandre Faccas (Monga) e com o baterista suíço Jojo Meyer. Acompanhou vários artistas como Guilherme Arantes, Sandy e Junior, Patrícia Marx, Fernanda Porto entre outros. Na música instrumental tocou com Bocato, Tony Lakatos (Hungria), Michel Leme, David Richards (EUA), Decebal Badila (Romênia), Marcinho Eiras entre muito outros. Atualmente é professor de bateria e realiza gravações e workshops. Na influência do Jazz, Igor toca com Erik Escobar e Chico Willcox no projeto New Samba Jazz, que rendeu a gravação de um cd. Entre seus principais discos e dvds gravados estão: “Time Rememberd” com Bocato, “Família Lima 10 anos” e Phrixus “The Colors of Sound”.

Jarbas Barbosa (guitarra) – iniciou seus estudos como violonista em 1975 na Pró-Arte; foi aluno de Henrique Pinto por 7 anos, considerado um dos maiores pedagogos do instrumento na atualidade. Na década de 70 e 80 integrava as bandas ‘Pé-ante-pé’ e Zonazul. Suas maiores influências musicais vão de Heraldo do Monte e Hélio Delmiro a Baden Powell. Já tocou com grandes nomes como: Paulo Bellinati, Johnny Alf, Raul de Souza e Fafá de Belém, com quem fez várias turnês internacionais. Tem também três cds gravados ao lado da OSESP, Mantiqueira, Luciana Souza e Mônica Salmaso. Atualmente é integrante da Orquestra Arte Viva que já acompanhou Gilberto Gil, Maria Bethânia, Dominguinhos, Toquinho, Gal Costa entre outros e também da banda Mantiqueira, há 15 anos, com quem têm três cds gravados e desenvolve projetos ao lado de violonistas como João Bosco, Guinga, Yamandú Costa.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Versão Meu Canto 21.07.2016 | Theme Zerif com edições de Discografia Sandy Leah

Contador de visitas (somadas as visitas do antigo blog discografiasandyleah.blogspot.com)
contador free
.
error: Content is protected !!